7 dicas para quem tirou carteira, mas está com medo de dirigir

2019-07-18T17:31:08+00:00

Mãos e braços trêmulos sobre o volante, coração palpitando forte com a chave do carro pendendo solta entre os dedos, boca seca e um suor frio de gelar a espinha. Parece cena de filme de terror, mas esse é só mais um dia na vida de quem sofre de um problema relativamente comum na atualidade: o medo extremo de dirigir.

A aprovação na prova prática marca o fim da autoescola, mas para muitos o problema está apenas começando. A conquista da carteira de motorista não extingue, automaticamente, a insegurança ao dirigir. E por conta desse medo, muitos habilitados simplesmente não ousam sair com o carro para fora da garagem.

Você se identificou com essa situação?  Conhece alguém que esteja passando por esse problema? Confira algumas dicas que o ajudarão a vencer a insegurança e a colocar um ponto final no pânico de dirigir.

Treino e prática

Esse aviso deveria ser obrigatório em todas as autoescolas: vinte aulas práticas não irão te transformar em um motorista profissional. A conquista da carteira de habilitação é só o primeiro passo rumo ao domínio pleno do volante. É preciso treino e prática para atingir a cautela, o discernimento e a fluidez de movimentos que caracterizam um bom motorista.

Isso significa dizer, em outras palavras, que é preciso tempo e dedicação para atingir os resultados esperados. Seja paciente com você mesmo e lembre-se: Roma não foi construída em um só dia.

Familiarize-se com o veículo

Antes de tirar o carro da garagem, treine os movimentos que ainda não são naturais, mas que em breve você irá automatizar. Ligue e desligue o carro, puxe o freio de mão. Ajuste os retrovisores e conheça todos os espelhos do automóvel. Passe as marchas, controle a embreagem, acione os faróis. Conhecer o próprio veículo é fundamental para a boa direção.

Opte por horários calmos

A prática leva à perfeição, correto? Mas não basta simplesmente pegar o automóvel e torcer para não bater. Se você ainda não tem a confiança necessária para dirigir um carro, certamente os horários de pico não serão bons momentos para praticar.

Fuja dos períodos do dia em que há muitos carros na rua — geralmente as primeiras horas da manhã e as últimas da tarde. O caos e a movimentação intensa poderão deixá-lo ainda mais tenso e nervoso.

Além disso, evite grandes avenidas, onde o fluxo de veículos é maior. Em vez disso, trafegue por ruas e vias pouco movimentadas. Desvende todas as vielas do seu bairro, conheça a vizinhança, rode um bocado. Você poderá até descobrir novos lugares dos quais jamais havia ouvido falar!

Dirija ao lado de um motorista experiente

Para adquirir confiança, nada melhor do que estar com um bom motorista no banco ao lado. Ele poderá dar algumas dicas enquanto você dirige: com que marcha subir aquela ladeira íngreme? Dá para acelerar mais? O que fazer para controlar bem o volante?  Qual é o melhor momento para mudar de pista?

Mas lembre-se: escolha sempre alguém de personalidade calma. O ideal é que a pessoa possa tranquilizá-lo, e não deixá-lo ainda mais nervoso.

Dê carona para um amigo

Não desperdice uma boa chance de praticar. Se um amigo precisa ir ao shopping comprar um presente, ofereça carona a ele. Se sua avó tem um horário agendado com o médico, prontifique-se para levá-la. Quanto mais você praticar, mais domínio e mais confiança irá adquirir, o segredo é não deixar o carro parado dentro da garagem.

Peça ajuda profissional

Não há nada de errado em buscar ajuda quando as coisas não estão dando certo. Se você sente que, apesar dos esforços incalculáveis, ainda fez muito pouco progresso, talvez seja essa a hora de pedir auxílio profissional.

Hoje em dia, existe uma série de escolas especializadas em ajudar motoristas habilitados. Além de contar com um instrutor para guiá-lo nas saídas à rua, você terá acesso a orientação psicológica e, algumas vezes, a terapia de grupo. Lembre-se de que você não está sozinho nessa!

Conte com um seguro que te apoie

Se o medo é sair nas ruas e sofrer uma batida, você vai conseguir dirigir muito mais tranquilo sabendo que há um seguro para te ajudar em caso de um acidente desse tipo. Escolha um seguro que ofereça assistência 24 horas e até desconto na franquia, assim nada mais irá te assustar.