9 cuidados para manter a casa segura enquanto você estiver fora

2019-07-30T18:40:38+00:00

Viagem em família é sempre motivo de alegria, seja para aproveitar o feriado estendido ou as férias na escola das crianças, cada detalhe é planejado com muito carinho e a expectativa é de diversão!

Porém, nessas épocas também aumentam os índices de arrombamentos a residências nas cidades. Nestes casos, “a ocasião faz o ladrão”, que se aproveita da ausência dos moradores para fazer uma verdadeira “limpa”, levando todos os objetos de valor que estão na casa.

Outro problema bastante comum em casas vazias são os incêndios domésticos,  que podem ser ocasionados por curto circuito na fiação elétrica – principalmente se sua casa for um pouco mais antiga e passar por temporais enquanto você estiver fora – ou por vazamento de gás, por exemplo.

Já pensou em chegar em casa revigorado após uma viagem incrível e ser surpreendido pelo seu lar devastado por ladrões? Ou precisar voltar no meio da viagem porque sua casa está em chamas?

Mas é claro que você também não precisa desistir da viagem com medo! Existem algumas medidas de segurança que ajudam a diminuir consideravelmente as chances de algo assim acontecer.

Você precisa concordar que preocupação não combinada nada com esse clima de viagem, não é? Por isso, reunimos algumas dicas sobre cuidados que você pode ter para deixar o seu lar mais protegido, continue a leitura e saiba mais.

1 – Use temporizador na iluminação e retire os aparelhos eletrônicos da tomada

Sabe aquela velha história de deixar uma luz acesa em frente a casa? Saia dessa! Ela só vai servir para chamar mais atenção ainda para a sua casa vazia, com uma luz acesa dia e noite.

Uma boa dica é providenciar temporizadores para lâmpadas, são facilmente encontrados em lojas de instalações elétricas e você pode programar para acender e apagar algumas lâmpadas da casa em um determinados horários.

Como ligar no início da noite e apagar durante a madrugada, por exemplo, lembrando que é interessante personalizar de acordo com os seus hábitos, assim ficará ainda mais convincente.

Quanto aos aparelhos eletrônicos, é muito importante que você remova todos das tomadas, sem exceção. Esta é uma medida simples que pode evitar desde pequenos estragos como danos aos aparelhos em quedas de luz, até grandes catástrofes como os incêndios ocasionados por curto circuito que mencionamos no início do texto.

2 – Remova os lixos, sobras de alimentos e limpe a geladeira

Atenção para remover todos os lixos da casa, porque se você esquecer o lixo da cozinha, por exemplo, poderá atrair muitos insetos desagradáveis como moscas e baratas ou até mesmo roedores interessados nos seus restos de comida (eca!).

Procure se planejar para consumir todos os alimentos que estiverem na geladeira, para que não corra o risco de ficar algo que possa vir a estragar e contaminar a casa com mal cheiro. Se algo ainda resistir, lembre-se de congelar.

Você pode aproveitar para fazer uma boa limpeza na sua geladeira e ajustá-la para a configuração mínima de refrigeração enquanto estiver fora. Dessa forma, quando voltar pra casa ela vai estar em perfeitas condições e não terá gasto muita energia sem necessidade.

3 – Desligue o gás para evitar vazamentos

Como já citamos, outra causa bem comum de incêndios domésticos – afinal, não vai ter ninguém em casa para identificar algum cheiro estranho a tempo, portanto não custa nada tomar este cuidado já que ninguém vai precisar usar o gás se a casa estiver vazia.

4 – Desligue o telefone e a campainha

Outra dica é de desligar ou diminuir o volume do seu telefone e da campainha. Quanto a campainha, pessoas sondando casas vazias podem acioná-la em diversos horários para verificar se alguém atende. No entanto, se não ouvirem o toque não poderão ter certeza se não tem ninguém em casa ou se a campainha está com defeito. Para o telefone, pode chamar atenção se ele tocar por muito tempo várias vezes ao dia.

5 – Revise todas as travas, fechaduras e cadeados da casa

Alguns dias antes de viajar certifique-se de que todas as trancas e fechaduras da casa estão funcionando adequadamente, porque elas podem se desgastar com o tempo, o que é natural que aconteça, e acabar perdendo eficácia.

Portanto, se você lembrar de conferir com antecedência vai dar tempo de fazer alguma substituição necessária. Verifique as travas de janelas, persianas, porta da cozinha, área de serviço, quartos, etc. Isso vale mesmo para aquelas que você nunca usa. E, antes de sair, tranque tudo para dificultar que alguém consiga abrir pelo lado de fora.

6 – Fale sobre a viagem apenas com quem realmente importa

Evite comentar com um grande número de pessoas sobre a sua ausência, para onde vai ou quanto tempo vai ficar fora de casa. Conte para os familiares mais próximos e os amigos mais chegados. Se você tiver algum vizinho de confiança, pode ser interessante avisá-lo para ficar de olho, pedindo para que não comente com outras pessoas.

Deixe uma cópia da chave com alguém da sua confiança, assim caso aconteça algum imprevisto fica mais simples de resolver. Você pode pedir para esta pessoa passar em dias alternados na casa, recolher as correspondências e aguar as plantas.

Caso você tenha pets e não vá levar na viagem, uma dica econômica e segura é deixar alguém responsável por ele e fazer visitas diárias na sua casa. Assim, os riscos reduzem consideravelmente e qualquer mudança você será rapidamente alertado, além da certeza de que seu pet estará bem cuidado.

7 – Cancele a correspondência

Se por acaso você não tem nenhum pet para se preocupar e não conseguiu ninguém para passar na sua casa para aguar as plantas e recolher a correspondência, procure cancelar a entrega de correspondências que podem acumular, como o jornal diário, por exemplo, e se não quiser cancelar, você pode pedir para entregar em outro endereço.

Se for um período longo de férias, como 20 dias ou um mês, vale a pena você direcionar o endereço de entrega das suas correspondências para onde você vai estar. Desse modo, se houver alguma notificação importante vinda pelo correio ela chegará em suas mãos.

A correspondência parece algo simples, e realmente é, todavia quando acumulada na entrada da sua residência deixa clara a mensagem de que ninguém abre a porta há dias. Um verdadeiro chamariz para os arrombadores, cuidado!

8 – Desconecte-se por alguns dias e aproveite a viagem

Estamos conectados a todo tempo, compartilhamos momentos instantaneamente através das redes sociais ao longo dos nossos dias e pode ser realmente tentador fazer aquelas postagens clássicas de férias com fotos dos melhores passeios.

Mas você já parou para pensar o quanto essa atitude pode comprometer a segurança da sua casa? Cuidado, pois pode ser um alerta para os ladrões de plantão, que estão apenas aguardando a primeira oportunidade para tirar uma vantagem.

Uma boa dica neste sentido é tirar umas férias também das redes sociais, além de ser muito mais saudável, pois você aproveita mais momentos olho no olho com as pessoas que você ama ou contemplando a natureza, por exemplo, e ainda cuida do seu patrimônio.

Tire todas as fotos que quiser e curta cada momento, quando passar a viagem e já estiverem de volta você poderá escolher com calma as fotos preferidas para postar e compartilhar com os amigos! Não vai faltar #tbt

9 – Conte com um bom seguro residencial

Com certeza você vai querer chegar em casa descansado após as férias, com tudo no seu devido lugar, e por isso vai seguir a risca nossas dicas, não é mesmo?

É claro que todas essas medidas vão ajudar bastante você a manter sua casa segura enquanto estiver fora, sobretudo, contratando um plano de seguros adequado ao seu imóvel você garante ainda mais proteção e suporte caso aconteça algum imprevisto.

Leia o artigo Conheça 6 situações em que você pode acionar o seguro residencial e saiba mais sobre o assunto.